Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diana, ópio do povo

«E então, ela viu a minha bicicleta contra a parede, montou-a e pôs-se a andar às voltas, e a tocar à campainha, a tocar, a tocar, e cantava: “Amanhã vou casar com o Príncipe ...

Cesária Évora

Cesária Évora canta desde que se lembra de si, e é também desde que se lembra de si que canta descalça. Já era mulher madura quando o acaso a trouxe a Lisboa e lhe marcou enco...

Beatriz da Conceição

Quem é Beatriz da Conceição? Perguntem a Ana Moura e a Carminho. Perguntem a Camané. Perguntem a quem não gosta dela. Uma referência. Fadista de palavras que cortam como facas...

Feira do Livro do Porto

Feira do Livro do Porto, 1 a 17 Setembro 2017, Jardins do Palácio de Cristal, programação de Anabela Mota Ribeiro e José Eduardo Agualusa Dia 1 Uma máquina voadora movida po...

António Coimbra de Matos

Oito e meia da noite. O cinzeiro está sobre a secretária. A janela, que rasga o compartimento para o saguão, desenha já a noite de Outono. Ao fundo, há um espelho, alinhado à ...

António Alçada Baptista

Um escritor que afirma que a escrita não é a sua razão de viver, mas o inverso. Que apostou numa aventura editorial e perdeu (dinheiro), que é advogado mas a quem a razão não ...

José Gameiro (2015)

“Que não seja imortal, posto que é chama. Mas que seja infinito enquanto dure”, escreveu Vinicius de Moraes. O gostar, esse grande mistério, que cremos infinito quando somos i...

Em destaque

Entradas recentes