Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anabela Mota Ribeiro

Porque sou feminista

18.08.22
O meu nome é Anabela Mota Ribeiro, nasci em Trás os Montes em 1971. Esta frase, tão simples, contém apenas alguns elementos de identificação. É o núcleo a partir do qual vou falar convosco sobre pequenos e grandes delírios domésticos. Por doméstico vamos (...)

O dia em que conheci Chico Buarque

19.06.22
No dia em que conheci o Chico Buarque, ele vestia uma camisola azul. Pormenor insignificante, azul inesquecível. Recomeço: no dia em que conheci o Chico Buarque, ele tinha acabado de ler um artigo que eu tinha escrito sobre Budapeste. Foi pouco depois dos meus anos, em (...)

Ler e escrever (Plano Nacional de Leitura)

31.05.22
Aprendi a ler com cinco anos, numa escola pública. Até há pouco tempo, não prestei especial atenção ao facto de ter aprendido cedo e ter aprendido bem. Fiz o primeiro ano, que então se chamava primeira classe, duas vezes: a primeira com cinco anos, quando frequentei (...)

Os Filhos da Madrugada

14.05.21
No dia 25 de Abril, passam 47 anos desde a revolução dos cravos. Quase tantos de democracia quantos os de ditadura. O país mudou, o mundo mudou. Como auscultar esta mudança? Através de uma maratona de entrevistas àqueles que nasceram e foram criados em tempos de (...)

Ao Brás Cubas (que nasceu no mesmo dia que eu)

02.10.20
Nasci no mesmo dia de Brás Cubas, o personagem criado por Machado de Assis no final do século XIX. No Rio de Janeiro é sempre calor quando Outubro vai alto, as magnólias floriram e os grilos zumbem às três da tarde. Mas quando penso em Brás Cubas não consigo pensar (...)

Sobre Mim

01.09.19
Anabela Mota Ribeiro nasceu em 1971 em Trás-os-Montes, vive e trabalha em Lisboa. É licenciada e mestre em Filosofia pela Universidade Nova de Lisboa. Na dissertação de mestrado trabalhou "A Flor da Melancolia e o Ímpeto Cesariano (ou a Negação e a Afirmação da (...)

Somos Douro: o meu diário

16.08.19
Dia 1 Com Tatiana Salem Levy a espreitar, Rita Ferro Rodrigues e euzinha orgulhosas da nossa Priscilla, rainha do Douro. A sair. Que emoção! Camané na abertura do Somos Douro, em Lamego (teatro lindo), com a participação de alunos do Conservatório de Música de Vila (...)